sexta-feira, 11 de maio de 2012





Carne afaga carne
Carne maltrata carne!

Carne beija carne
Carne morde carne!

Carne ama carne
Carne odeia carne!

Carne atrai carne
Carne trai carne!


Humberto Santos

segunda-feira, 7 de maio de 2012



Densa e gélida escuridão
Sorrateiramente achega-se
Cobrindo à tudo
À tudo tragando
Reduzindo o mundo a tons cinzas
Induzindo os seres à inércia
Tornando concreta a solidão dos viventes
Isolando o indivíduo em si
Tornando-o ciente
De que seu corpo
É seu cárcere
E algoz!

Humberto Santos