domingo, 12 de fevereiro de 2012







Quem dera
Fosse falsa essa lua.
Pois, falsa seria então
A dor,
Que estar distante de ti,
Impõe à minha alma,
Seu gélido luzir!

Humberto Santos